Nasceram as SIGIs!

Hoje foi um dia histórico para todos os investidores portugueses e estrangeiros com interesse em investir em Portugal. Foi aprovado a criação das SIGI (Sociedade de Investimento de Gestão Imobiliária), ou os REITs portugueses (Real Estate  Investment Trust). As SIGI adaptam e seguem um modelo de investimento imobiliário já implementado com sucesso em alguns países do mundo. REITs nasceram e fazem sucesso nos EUA, os FII (Fundo de Investimento Imobiliário) são a alegria dos investidores Brasileiros e no resto da Europa existem fundos mobiliários com diversas nomenclaturas.

Mas o que torna este investimento tão especial para o investidor?

Bom, todos nós conhecemos alguém mais afortunado que tem apartamentos e recebe alugueres. Ou compram salas ou escritórios para alugar. Ou que recebem rendimentos do aluguer de lojas.

Claro que para conseguirem isso tiveram que investir ( ou herdar) uma grande quantia de dinheiro que a maioria de nós não tem.

As SIGI permitem que qualquer pessoa, com  uma pequena quantia de dinheiro compre uma pequena fração de um shopping, de um prédio residencial  ou de escritórios porque as SIGI compram a totalidade do bem e dividem em pequenas frações (cotas ou ações). E o investidor pode todo o mês comprar mais cotas ou ações e receber um proporcional de aluguer desses imóveis. Então a grande vantagem é que você pode ser dono de grandes imóveis, receber rendimentos provenientes do aluguer sem precisar de investir uma quantia grande. A outra  vantagem é que você pode (e deve!) ser dono de vários imóveis (ou seja investir em várias SIGI) diluindo os riscos de taxas de ocupação menores desses espaços (sim, tal como no apartamento alugado, sem inquilino, não há aluguer).

Naturalmente que estas negociações, as compras de imóveis por parte das SIGI e respetivos endividamentos e a distribuição de rendimentos são regulamentadas dando um sentido responsável e que protege o investidor. Desta forma é um investimento sério com regras, fiscalização e transparência que em nada deve ser comparado a um grupo de amigos que se juntou para comprar um apartamento e dividir as rendas.

A regulamentação das SIGI estão descritas no Decreto Lei n 19/2019 de 28 de Janeiro de 2019 e podem ser consultadas aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

%d blogueiros gostam disto: