Como o investidor pode ganhar dinheiro com as SIGIs?

O investidor escolhe a SIGI ou as SIGIs que quer investir.  Quando estamos num mercado maduro como nos EUA (REITs) ou Espanha (SOCIMIs) por exemplo, o ideal é começar por estudar o histórico da empresa onde vamos investir: ler relatórios anteriores, analisar as demonstrações financeiras e entender as distribuições e forma de agir da empresa assim como a qualidade dos imóveis e dos inquilinos. Num mercado novo ou cada vez que surgir nova SIGI ou que cada SIGI entrar em follow on (follow on é quando uma empresa de capital aberto faz uma nova emissão de ações para angariar mais dinheiro na maioria das vezes para investir em novos negócios) o correto é ler o prospecto. O prospecto é um documento elaborado pela empresa com o objetivo da angariação de investimento,  os cronogramas de aquisição e com uma planificação do que pretende fazer com o dinheiro do investidor.

Depois de escolher a SIGI, o investidor compra as ações através da Bolsa de Valores Portuguesa, agora EURONEXT LISBOA (como uma ação de uma empresa comum) e dessa forma está transferindo o seu dinheiro para a SIGI.

As SIGIs vão escolher os imóveis, negociar com os inquilinos e fazer os contratos de arrendamento. Mensalmente (ou com a periodicidade que consta no contrato) vão recolher os alugueres e distribuir pelos investidores. O percentual a distribuir é de 90% e foi definido pelo Decreto Lei que aprovou a criação das SIGIs (lembrando que é da competência da SIGI  pagar as restantes despesas referentes aos imóveis: impostos, manutenção dos espaços, condomínios, etc e por isso é desejável que a SIGI fique com algum caixa).

O investidor recebe na sua conta o valor dos alugueres. Esse dinheiro pode ser reinvestido na mesma SIGI (comprando mais ações) ou em outra SIGI ou de outra forma que o investidor decida tendo em conta os seus objetivos.

E nasceu um investidor em SIGI!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

%d blogueiros gostam disto: